O leite é considerado por muitos um alimento essencial para a alimentação diária de todos. Além disso, os anúncios sempre mostram o leite como uma bebida nutritiva e saudável e, de fato, não há como negar: o leite é um alimento nutritivo. O leite possui muitos benefícios, mas quanto mais natural – com menos processos industriais – melhores os seus benefícios e menores os malefícios.

O leite é rico em proteína e a caseína presente no soro do leite contém 9 aminoácidos essenciais para o desenvolvimento humano. Além disso, é rico em cálcio – cada xícara contém 300 mg -, vitamina A – 1 xícara tem cerca de 250 UI -, fósforo, potássio e hidratos de carbono.

O cálcio presente no leite é essencial para a formação e manutenção da saúde dos ossos e, além disso, é rico em proteínas, carboidratos, vitamina B12 e potássio.

O leite tem um papel fundamental para a nutrição completa das pessoas. Existem diversos benefícios que já foram comprovados, como aumento da resistência óssea, pele mais suave, sistema imunológico fortalecido, a prevenção de doenças, como a hipertensão, cárie dental, desidratação, problemas respiratórios, obesidade, osteoporose e até mesmo algumas formas de câncer.

Já para os recém-nascidos, o leite materno é o recomendado para que a mãe alimente seu filho até, pelo menos, os dois anos de idade, pois contém todas as vitaminas e componentes que ajudarão no desenvolvimento da criança, prevenindo diversas doenças, inclusive, doenças bucais como cáries e a má oclusão dentária.

Outro detalhe que é importante ressaltar, é o tipo adequado do leite. Muitas pessoas ainda acreditam que o leite que é retirado na hora da vaca, está imune a qualquer tipo de problema, porém, especialistas indicam que esse leite tirado direto da vaca somente deve ser consumido caso existam condições de higiene que permitam evitar qualquer tipo de contaminação, que pode ocasionar doenças.

É importante lembrar sempre seus pacientes de todos estes detalhes e, principalmente, dos benefícios que o leite ou iogurte (sem gordura) podem trazer. Estes produtos lácteos intensificam a remineralização dos dentes, contém fósforo, magnésio, vitamina D e dão suporte ao desenvolvimento dos dentes e tecidos orais em crianças, o que ajuda a proteger contra cáries dentárias. Sem falar que o leite é a uma das principais (e acessíveis) fontes de cálcio que podemos consumir para fortalecer nosso corpo.

Como profissionais e especialistas de odontologia, devemos sempre orientar e incentivar o consumo deste produto que vai ajudar muito na saúde bucal, já que o leite protege a superfície do esmalte contra substâncias ácidas. Sempre, é claro, lembrando-se de verificar a data de fabricação, validade e todos os selos de garantia e qualidade do produto.

 

                 

Dúvidas pelo Whatsapp:

     (91) 98152-8805

Foi útil a informação? Seja o primeiro a comentar.