Para conquistar um sorriso bonito e saudável, a escovação nem sempre é suficiente, já que sozinha não consegue remover a placa bacteriana e os pequenos resíduos que se alojam entre os dentes, sobretudo nos locais onde a escova não alcança. Quando não são completamente eliminados, tais resíduos colaboram com o aumento da placa bacteriana, com o surgimento do mau hálito, de cáries, de tártaro e de doenças da gengiva. Por isso, para garantir uma higiene bucal perfeita, o uso diário do fio dental é indispensável.

Quando pensamos no que é preciso fazer para atingir uma boa higiene bucal, normalmente a escovação é o primeiro fator que passa pela nossa cabeça. O uso do fio dental, no entanto, costuma ser esquecido ou considerado menos importante. Por ser um processo mais detalhado, muitas pessoas consideram uma parte chata da limpeza dos dentes, entretanto é preciso lembrar da sua importância!

Embora muita gente conheça, nem todas as pessoas fazem o uso regular do fio dental por desconhecer a sua importância ou até por ignorar sua eficiência. De acordo com algumas pesquisas, em cada 6 brasileiros, apenas 1 faz o uso diário de fio dental, um dado considerado preocupante.

Na realidade, o fio dental é tão importante quanto a escova de dentes, o que os diferencia é apenas as áreas que conseguem atingir. O fio dental deve ser utilizado preferencialmente antes da escovação, já que uma parte dos resíduos sai no fio e a outra acaba indo parar em regiões onde a escova alcança.

Para quem não tem tempo ou simplesmente tem preguiça de usar o fio dental a cada escovação, a boa notícia é que usá-lo pelo menos uma vez ao dia, de preferência após o jantar, já ajuda a minimizar o acúmulo de resíduos e evita que você passe longos períodos com resíduos entre os dentes e remover a placa bacteriana que se forma principalmente nas áreas onde as cerdas da escova não alcançam.

Se você ficar na dúvida na hora de escolher o tipo mais apropriado para os seus dentes, vale a pena consultar o seu dentista que, além de indicar o fio correto, pode ensiná-la a fazer o uso correto.

Quem nunca utilizou o fio, pode se assustar com pequenos sangramentos que podem ocorrer nas primeiras vezes. Se o motivo não for o excesso de força na hora de passar o fio, pode ser justamente devido à falta do uso, que faz com que, ao longo do tempo, os resíduos de alimentos se acumulem na região causando inflamações, um problema que a princípio não é considerado grave e que pode ser amenizado com o uso diário do fio. No entanto, se esse sangramento for intenso ou persistir por muito tempo, pode ser algum sintoma de problema na gengiva como a gengivite e o dentista deverá ser consultado para identificar e resolver o problema.

COMO USAR:

Pressione o fio na interseção de dois dentes. Depois de ultrapassar essa barreira, esfregue-o nas duas faces, em movimentos contínuos que vão de cima para baixo. A ideia é “varrer” toda a sujeira para fora. A linha deve chegar até a gengiva.

 

Incorporar a utilização do fio dental à sua rotina de higiene é simples. Deixe-o e sempre à mão e case o seu uso com a escova e com um bom enxaguante bucal. Assim você vai garantir dentes limpos, saudáveis e vai poder sorrir à vontade.

                

Ainda tem dúvidas me chame no Whatsapp:

         (91) 98152-8805

Foi útil a informação? Seja o primeiro a comentar.