A dor do aparelho ortodôntico é uma das principais causas de dúvidas dos pacientes que estão pensando em iniciar um tratamento. Muitas pessoas chegam a desistir de procurar um ortodontista pois imaginam que irão sofrer muito e acabar gastando dinheiro por um tratamento que não irão concluir. As experiências negativas vividas por algum parente ou amigo acaba gerando ainda mais desconfiança e medo.

Quando o dentista instala o aparelho ortodôntico ele espera que os dentes se movimentem para a posição mais adequada. Utilizando os bráquetes e fios ocorre a ação de forças sobre o dente gerando uma pressão sobre eles. Essa pressão gera a inflamação, que nesse caso é boa, que possibilita os dentes se deslocarem gradativamente para uma posição ideal. A consequência disso é alguma dor.

A dor é muito subjetiva, ou seja, cada pessoa sente de uma forma. Aquele seu amigo ou parente que falou que a dor é insuportável pode estar sentindo uma dor leve se fosse sentida por você. Antigamente os ortodontistas utilizavam bráquetes e fios de aço que demandavam uma ativação mais firme. Hoje as tecnologias evoluíram beneficiando muito o paciente.

Existem bráquetes mais modernos, fios de níquel-titânio, termo ativados etc. A pressão mais intensa sobre os dentes não é tão necessária e consequentemente as dores são bem mais suportáveis.

Outro procedimento que pode gerar um certo desconforto é a utilização dos espaçadores de borracha. Eles são utilizados para ganhos de espaço de forma mais rápida. Sua utilização facilita na confecção de bandas ortodônticas quando necessárias.

Logos nos primeiros 3 a 4 dias após a instalação do aparelho ortodôntico ou da ativação (manutenção) recomenda-se:

  • Alimentação mais pastosa (mole) e gelada;
  • Uso de analgésicos ou anti-inflamatórios prescritos pelo dentista;
  • Bolsas de gelo;
  • Bochechos com água morna e um pouco de sal;

É importante informar também que mesmo que após a consulta de manutenção você NÃO esteja sentindo dor,o aparelho ESTÁ agindo.

 

       

Dúvidas podem me chamar no WhatsApp:

   (91) 98152-8805

Foi útil a informação? Seja o primeiro a comentar.